Seguidores

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

NADA SERÁ COMO ANTES



Deixei passar todo o impacto das últimas semanas sobre os acontecimentos, porque fiquei quase catatônica com tanta coisa. Não há de se negar o que aconteceu no Rio de Janeiro foi uma verdadeira revolução. Acredito que as coisas nunca mais serão as mesmas, poderá melhorar ou piorar mais igual não fica. Não acredito que os policiais de uma hora pra outra ficaram tão eficientes, mas a verdade é que vendo reportagens recentes com imagens do Morro do Alemão constatei que nunca tinha visto tanta gente andando despreocupada na comunidade. A igreja da Penha voltou a ser do povo.
Dessa vez eles mexeram bem aonde dói, no bolso, na familia dos bandidos, desestruturando ,mas até quando eles vão aguentar quietos 
Fiquei sem acreditar quando vi ontem em reportagem do Fantástico as jóias ostentadas pelos traficantes e totalmente indignada me pergunto: Que vida é essa que eles levam.
Se dedicam a destruir a vida de outras pessoas, vivem assaltados pelo medo também, compram jóias que nem podem usar, não podem sair e  viver como pessoas normais. Sinceramente enquanto não pararem de ser vistos como heróis por muitos isso não vai parar.
Outra coisa que me pergunto é porque nós trabalhamos para obter cada pequena conquista com tantos sacrificios e ainda temos que sustentar os bandidos na cadeia. Penso que deveriam trabalhar duro dentro das prisões para terem direito a comer, beber, dormir, tudo , tudo assim como é para nós que andamos na lei. Para que indultos de Natal, Páscoa e dia dos pais, nada disso, os justos pagam pelos pecadores, muitos não retornam e saem para cometer novos crimes.
Novas cadeias, presos trabalhando e os cidadãos de  bem que consomem drogas parando de sustentar o crime, ou melhor, porque não legaliza toda essa sujeira,cobrando impostos tornando bastante caro.
Precisamos de mudanças radicais que na falta de bom senso e sobra de demagogia ainda não pode ser iniciada.

12 comentários:

  1. Marília. a mesma Única e Exclusiva6 de dezembro de 2010 06:12

    Tem que ser nessa linha mesmo. Se não o país perderá o rumo, de novo. Se todos os Estados tomarem como exemplo, ficaremos com a sensação de poder cumprido. Mas, tem muita coisa suja por debaixo do pano, ainda. Tenho fé, que as coisas "não serão como antes".

    bjs ;)

    ResponderExcluir
  2. vamos torcer para que 2011 traga mudanças nesse quesito... o brasil precisa muito. bjs.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pela linha de comentários feito, e se os nossos governantes quiserem (como quiseram fazer o que fez nos morros) pode mudar e fazer os que nós contribuintes fazemo, cobrar deles e dar trabalho para o próprio sustento.
    Abraço

    ResponderExcluir
  4. Concordo com vc: O Rio deu um grande passo. Agora é só não deixar a peteca cair.

    ResponderExcluir
  5. Oi Andreia,

    Em primeiro lugar muito obrigado por ter visitado o meu tópico dos comportamentos na blogosfera, é um prazer enorme ter compartilhado informações com você. Você me encontrou via dihitt ou no google mesmo? Parabéns pelo seus textos, a forma com que escreve com esse tipo de 'temática' é muito interessante, faz com que os textos se transformem em um enredo capaz do visitante "viajar" pelo conteúdo.

    Obrigado novamente, e sucesso na blogosfera.

    Bruno

    ResponderExcluir
  6. Oi flor...concordo com vc em relação a até quando essa paz vai durar?! Admito que não acreditei muito nessa ação da polícias naqueles dias mas hoje vejo que "foi" um bom trabalho das autoridades+governo+responsáveis...Deus abençõe que tudo continue do jeito que está pra melhor...chêro linda, adoro suas visitinhas...ahhh...ADOOOORO seus morceguinhos! kkkk....khelen

    ResponderExcluir
  7. É minha amiga, e nós aqui do Rio sabemos e vivemos este drama bem de perto, tive um cunhado quase assassinado na Linha Vermelha nestes acontecimentos recentes, eu ainda não acredito neste milagre das autoridades; o povo, não os de caras pintadas, mas de peito aberto tem que fazer, em conjunto, com o poder, o lícito, fazer a fórceps esta transformação

    ResponderExcluir
  8. É, Dea... Infelizmente, nesse país sórdido governado por políticos corruptos patrocinados por bandidos e sagrados por eleitores alienados, bom é o que não presta. Devia mesmo haver trabalho forçado para esses meliantes, mas é tudo uma maré mansa paga por nós contribuintes. Indultos, penas progressivas, salário para as famílias dos condenados? Tudo isso é prêmio, e o pobre trabalhador honesto é quem se lasca! Bom mesmo seria a pena de morte. Morreriam inocentes, mas muita criatura ruim seria eliminada. Nas guerras que os PODEROSOS fazem não são os inocentes que findam pagando com as suas vidas. Dá tudo no mesmo, mas o bando de antas tem de pregar o seu falso moralismo para ser aplaudido pela platéia estúpida. Eca!

    ResponderExcluir
  9. ser cinderela é bom ... mas ser vampira deve ser de-li-ci-o-so não é mesmo ??
    retribuindo a gentileza rs...

    ResponderExcluir
  10. Bruno realmente não sei, Volte sempre que sentir vontade, a casa é sua e muito obrigada.

    Pois é menina do Blá é um caminho sem volta. Adorei seus passarinhos rosa tb.

    Cacau fico imaginando o que vcs tem passado, não deve estar sendo fácil não.

    Pois é Assis e parece que cada dia tá pior. Sabe do que me lembrei agora dos pombos levando celulares e drogas em mochilinhas pra dentro dos presidios.

    inderela Ser vampira tem seus doces e seus amargos rsrrs, vem retribuir não, vem quando sentir vontade, vem ler, comentar, reclamar

    Beijo galera

    ResponderExcluir
  11. Neste caso, eu sou meio pessimista.

    Acho que a única questão é o foco da mídia internacional, por conta de Copa do Mundo e Olimpíadas.

    Depois? Volta ao que era, ou pior. Os veradeiros peixes grandes não foram tocados.

    ResponderExcluir
  12. Vc tem razão Pensador, na verdade ainda écedo pra dizer que mudou...

    Pois é Patricia que não parem por aí.

    Ju sempre quem mais sofre são osmais desassistidos...

    Pra vc tb Ivan

    ResponderExcluir

Que bom que deixou a sua opinião, volte depois que te respondo aqui mesmo. Beijão