Seguidores

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

COMI MEU CORAÇÃO


Esta semana estarei publicando alguns posts mais antigos para meus novos leitores, espero que gostem, visitem também a pagina da Vampira

Tinha fome, não uma fome qualquer, uma fome desesperada por seu coração. Queria arranca-lo e come-lo temperadinho, apimentado, cozidinho.Fiz de tudo pra conseguir: Te ouvi, te acarinhei e o aconcheguei em meus braços e pernas, te mordia bem devagarzinho pra sentir um pouco do seu gosto, beijei tua boca derramando todo o meu doce para te temperar, te amei e acalmei teu coração. Me dei toda pra você, porém eu queria algo em troca.Simplesmente eu queria comer o seu coração.
No dia planejado te amei como nunca, me agarrei aos seus cabelos e te fiz viajar em todos os sentidos para teu coração ficar bem molinho, porém enquanto com a inocência de quem simplesmente deseja muito a ponto de perder a razão eu continuava meu plano e te engordava de amor, você descobria o meu plano e escapou de mim,me deixando faminta.
Eu em meu desespero só tive uma alternativa: abri meu peito, arranquei meu coração, e decidi comer só um pedacinho pra suportar a minha fome, comi quentinho, cru, sem tempero mesmo, coloquei o restante de volta no lugar e lambi meus dedos. Delicia! Por um momento um pânico tomou todos os meus pensamentos: E se eu ficasse viciada em meu coração? Aos poucos tirando um pedacinho de mim e comendo, de pedacinho em pedacinho quando menos imaginasse, cadê eu?

Vampira


12 comentários:

  1. Comentários da época em que foi publicado


    Marcos19 de abril de 2009 15:04
    Tô ficando com medo de vc.... agora é uma vampira antropofágica! rs...

    ResponderExcluir

    Junior Magrafil20 de abril de 2009 16:44
    Olá td bom? Tbm qria retribui aqui suas visitas...Não sabia que vc gosta dos meus textos! Mas que bom, fico feliz! Esse seu texto eh mto interessante, gosto dessa sua linguagem. Parabéns. Me add no msn para trocarmos conversas tah bein?
    juniorfoxxx@hotmail.com Abraços!

    ResponderExcluir

    Vampira Dea20 de abril de 2009 19:30
    Tenha medo de mim não, Marcos rsrsrs
    Erushio então garoto? Cadê esses textos? Não vejo a hora de ler.
    Valeu Caique.
    Jinior gostos dos seus textos sim e muito.
    Fui eu sim Jú rsrsr.

    ResponderExcluir

    Luciana24 de abril de 2009 21:59
    Olá, sou amiga de Blog do Adriano Siqueira e do Lord Daniel estou te visitando pois gosto de tudo que é gótico exclui meus Blogs e agora abri esse.


    Bjs

    ResponderExcluir

    Emerson Donizeti Batista24 de abril de 2009 22:50
    Realmente, a Novela "A Gata Comeu" pode ser a trilha sonora da autofagia!!!!! Era uma música de abertura cantada pelo Kid Vinil, né?
    ----------
    Lindo texto!

    ResponderExcluir

    Gabriel Rodríguez Almagro25 de abril de 2009 04:12
    Me encanta el texto y las fotos. Lo has escrito tú? es magnifico.

    ResponderExcluir

    Gê25 de abril de 2009 05:36
    Poxa, se deliciando num pedacinho de seu coração, engoli um pouquinho do meu!!! Amo essa troca. Voltarei mais vezes para sugar dessas palavras!!

    ResponderExcluir

    Daya, muito prazer...25 de abril de 2009 08:42
    adoreii, quisera realmente poder fazer isso

    ResponderExcluir

    Vampira Dea25 de abril de 2009 12:48
    Êeeeeeeeeee Petita escribiendo en português jejeje venga cuando quiser es siempre bienvenida.
    My World o blog tambem é seu vou te visitar , adoro esse mundo gótico.
    è Emersom a musica foi gravada pelo inrreverente Kid Vinil, figura ótima dos anos 80, mas vc sabe que a música é do Caetano né? E obrigada rsrsrs.
    Gaby! Te extraño mucho, como estás? Que haces de bueno, venga mais veces. Si fue yi que escribi jejeje, Besos.
    Gê só tome cuidado pra não comer todo e ficar sem rsrsrsr, beijão menina que surpresa boa vc aqui.
    Daya quando a gente se sente só acontece dessas coisa, beijão.

    ResponderExcluir

    Anonymous8 de março de 2010 19:23
    I read this forum since 2 weeks and now i have decided to register to share with you my ideas. [url=http://inglourious-seo.com]:)[/url]

    ResponderExcluir

    R. Paschoal26 de outubro de 2010 06:11
    Adorei!!!

    Deu até fome, agora!

    ResponderExcluir

    Fátima Barros23 de novembro de 2010 19:21
    Amei,
    Acho que vou experimentar a sensação de comer um pedacinho do meu. Tô tão carente!
    BJ!

    ResponderExcluir

  2. Mais comentários

    Marília. a mesma Única e Exclusiva21 de novembro de 2010 11:31
    Preciso comer o meu.

    bjos =*

    ResponderExcluir

    Fєrnαndєz ♠♠21 de novembro de 2010 12:47
    Comer coração é algo plausivel.Só assim não nos machucamos com sentimentos.

    http://terza-rima.blogspot.com/

    ResponderExcluir

    Aмbзr Ѽ22 de novembro de 2010 10:21
    ui, que lindo isso. me deu fome tmb.

    http://terza-rima.blogspot.com/

    ResponderExcluir

    Vampira Dea23 de novembro de 2010 04:01
    Única e Exclusiva: Tome cuidado pra não comer todo e ficar sem nenhum.

    Fernandez: Vc não acha que até se machucar tb faz parte da brincadeira?

    Patricia: Preciso estar saciada, nem que seja por minutos.

    Luna vc falou tudo, amar é pura consumição.

    Ambar corre e procura alguém, come devagar, pra sobra coração pra amanhã.

    Beijo povo

    ResponderExcluir

    Zau24 de novembro de 2010 18:21
    E o Conde Vlad, já apareceu??? =/

    Só mais uma coisinha, seu link está publicado no meu blog, espero que não se incomode.
    Bjos linda...
    =]

    ResponderExcluir

    Aмbзr Ѽ26 de novembro de 2010 08:38
    minha querida, eu vou levar seu banner... nao devolvo mais... haha.

    bjs e ate a proxima.

    ResponderExcluir

    Vampira Dea28 de novembro de 2010 09:19
    Jorge adorei suas palavras, "o coração se oferece" adorei!

    Lu comer e ainda com farofa, só falta a pimenta.

    Reiffer o devorador de corações rsrs

    Todos queremos matar essa fome rsrsr. Quanto ao Conde morreu...
    E pode levar o link sim, dando crédito tá tudo bem.

    Que bom que gostou Lord, mas não agradece visita aqui não, eu não gosto rsrrs, é sério, agradece no seu blog.

    Ambar e que disse que eu vou devolver o seu.

    Saudades Pensador, tá sumido,quanto a música lembra mesmo rsrsr

    ResponderExcluir

    É comigo???21 de março de 2012 08:21
    Muuuuuuiiiiiiiiiiiiiitttooooooooo bom!Muito bom mesmo!
    Eu demorei pra visitar seu espaço pq a "OI" me enrolou quase um mês para dizer que a net não pegava onde tô morando!Mas, sério mesmo, que texto maravilhoso!
    Bjão pra vc, tô feliz em estar de volta e me deparar com textos como este!

    ResponderExcluir
  3. Muito bem DEA. Uma vampira de atitude que se mutila em nome do amor.Quantos pedaços, voluntários de nós, arrancamos pela convivência a dois,né.Coma a vontade, pois um coração que ama, regenera sempre.Um grande e terno beijo do.:-BYJOTAN.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é amar também é um pouco de renuncia as vezes dói...
      Seja bemv indo

      Excluir
  4. O meu coração até gostava de ser comido por uma vampira como tu...
    Belíssimo post, Dea, adorei!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ando de regime. que bom que gostou, são só devaneos de uma vampira contida num mundo digamos apesar de séculos enigmático rsrsr
      volte sempre viu

      Excluir
  5. E por momentos lembrei-me do filme de Jacques Audiard, "De battre mon cœur s'est arrêté"...

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não conheço vou procurar, fiquei curiosa. Seja bem vindo Eros.

      Excluir
  6. Genial, adorei o post, meio cinematográfico, meio assustador, um tanto romantico rs...acho que já fiz isso com meu coração,para sobreviver, já que não conseguia nem chegar próximo do coração desejado, fazendo isso eu sobrevivi, pois comno disse alguém acima, o coração que tem amor, regenera-se.
    ps. Meu carinho meu respeito meu abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seja bem vindo Jair, sim sobrevivemos sempre rsrs

      Excluir

Que bom que deixou a sua opinião, volte depois que te respondo aqui mesmo. Beijão