Seguidores

sábado, 13 de outubro de 2012

EM CIMA DO MURO


Ficar em cima do muro, tomou a atitude como filosofia. Não decidia nada, talvez, quem sabe, pode ser eram suas mais rotineiras formas de responder sobre tudo e a todos.Não discutia politica, religião, futebol. relacionamento. Dizia que fazia isso porque odiava brigas, discussões, réplicas. Preferia disseminar um pouco de dúvida, incerteza. Adiava decisões, se pudesse se manter a parte achava melhor. Foi assim desde criança. As pessoas queriam saber sua opinião, nem tanto por considerar suas idéias, mas queriam saber até quando sustentaria essa atitude. Seus relacionamentos eram vazios e rápidos, já que parecia a todos falta de personalidade. O que ela escondia era justamente o contrário, em seu intimo ela apreciava a guerra e construía armadilhas minuciosamente armadas com a delicadeza dos seus nãos sei, até o dia que entupida com suas opiniões, não sustentou o peso, tropeçou e caiu, batendo a cabeça em uma quina de gaveta, se encaixotando junto com seus conflitos.A verdade é que a  morte lhe visitou pra lhe perguntar algo e a essa ela não pode enrolar.


O Dea no Mundo está entre os finalistas TOP BLOG 2013, agora só dependo do voto de vocês. Se gostou não esqueça de votar, é só clicar no selo dourado (no canto direito superior do blog) e vote com todos os seus emails, facebook e twitter. Obrigada pela visita e  não esquece de confirmar o voto no email.

6 comentários:

  1. Oi, Dea.

    Passando para agradecer a visita ao Logomaquia. Gostei da foto usada e acabei até percebendo que The Cure (Just Like Heaven) é a trilha sonora do seu blog; música (e banda) que é (são) uma das minhas favoritas.

    ResponderExcluir
  2. Oi Dea,

    Tudo bem? Agradeço a sua visita ao Navegando no Cotidiano. Adorei a imagem e a música. Quanto ao seu texto, ficar em cima do muro é o conforto dos que pregam a paz, mas iludem a si mesmo.

    Bom domingo.

    ResponderExcluir
  3. Engraçado, tenho pensado muito nisso muito esta semana, sob a forma da política da boa vizinhança, no relativismo de opiniões, no direito de enchergar o próximo no erro sem o avisar por querer evitar o atrito...Tenho notado a covardia e a acomodação, o medo do questionamento...Tudo virou tabu, nada pode ser mais civilizadamente discutido...
    Um maravilhoso restinho de semana pra vc!Tô aqui torcendo por vc!Bjão minha amiga!

    ResponderExcluir

Que bom que deixou a sua opinião, volte depois que te respondo aqui mesmo. Beijão